Super dicas para sua viagem – No aeroporto, na conexão e no avião

Continuando na trilha das dicas importantes para todos os viajantes hoje vou listar alguns pontos importantes para ficar atento durante o deslocamento.  Esse meio tempo, entre sair de casa e chegar no seu destino final, pode guardar muitas surpresas, desafios e pode precisar de um pouco de bom humor para ser ultrapassado sem traumas.  Quem não tem dúvidas sobre conexões, que lugar esperar o voo, que horas se deve chegar no aeroporto? Vamos por partes e, pense positivo, tudo vai ser muito bem recompensado no fim! =)

Chegando no aeroporto:

Deslocando-se até o aeroporto

Vamos combinar que em quase todos os lugares do mundo os aeroportos não costumam ser localizados próximo das cidades. Tudo bem, tudo bem, temos algumas várias exceções mas de modo geral os aeroportos com maior fluxo de voos internacionais ficam a alguns quilômetros dos pontos mais interessantes da cidade. Isso significa que, pra ir até o aeroporto, vai ser preciso algum planejamento. Em geral a antecedência pedida para efetuar o check-in internacional  é de 2h (se for para os EUA e principalmente se for época de férias escolares, aconselho prever 3h) e para viagens nacionais, de 1h.

A partir daí fica mais fácil pensar na forma de chegar ao aeroporto (e isso vale pra quando você estiver voltando para o Brasil também):

  • Táxi: costuma ser o jeito mais caro porém menos trabalhoso de se chegar ao aeroporto. Uma dica é tentar agendar, pelo menos no dia anterior, a corrida com um taxista conhecido ou indicado pelo hotel.
  • Traslado: em várias cidades do mundo (e inclusive no Brasil) existem empresas especializadas em fazer transfers do aeroporto para os pontos centrais da cidade de destino. O preço costuma ser bem bacana e os horários bem variados. É questão de se programar e se informar sobre o ponto de partida/chegada dos fretamentos. Preocupe-se com a volta e se possível já garanta seu lugar!
  • Transporte público: No Brasil e em alguns destinos específicos eu costumo de cara descartar essa possibilidade. Dependendo do horário que você chegar essa opção pode também não estar disponível ou não ser exatamente segura para se locomover. Porém em algumas cidades no mundo é possível chegar ao aeroporto pegando apenas um trem ou um metrô. Caso suas malas permitam e a sua disponibilidade e senso de aventura também eu recomendo fortemente essa opção =D. Lembre-se apenas de ficar de olho no tempo de deslocamento para não acabar se atrasando.

No aeroporto

Chegando no aeroporto procure se informar a localização do balcão de embarque da sua companhia aérea. Particularmente eu recomendo que a sua primeira tarefa no aeroporto seja despachar as malas. Depois, já livre delas, você pensa em ir no banheiro, fazer aquela boquinha ou ainda olhar as lojinhas.  E isso não é só por conta do inconveniente de carregar malas pesadas pra lá e pra cá. Também por isso mas principalmente porque aeroporto é um local de concentração de pessoas. Pessoas boas e outras, vamos dizer, não tão boas assim.

Incidentes como trocas de malas, roubos e furtos são bem comuns. E não se sinta aliviado por pensar que não carrega nada de valor: o simples fato de você poder carregar algo que não é seu já é bem preocupante nos mundo aeroportuário de hoje! Fique esperto e atento. Não tente ser o bom samaritano nessas horas (também não precisa ser um grosso!) e prefira sempre a discrição.

Despachando as malas

Ao fazer o seu check-in e despachar as malas fique atento às informações que os agentes do balcão vão te passar. Guarda sempre o canhoto identificador da mala e verifique se elas foram corretamente etiquetadas. Caso você não tenha certeza de onde deverá retirar as malas (por exemplo se o seu voo tem várias conexões) informe-se de imediato com os agentes. DICA: retire alças móveis e chaveiros que possam de alguma forma agarrar na esteira,  lembre-se de trancar todos os bolsos da mala e de conferir se ela está corretamente identificada.  Tenha o costume também de fotografar a sua mala antes que ela seja despachada; caso ela seja extraviada a foto pode ajudar bastante a companhia aérea a reencontrá-la.

Raio X e Sala de embarque

No seu cartão de embarque estará marcado o horário em que você deverá se locomover para o salão de embarque. Sempre que possível eu procuro me adiantar a esse horário, principalmente porque é impossível prever quanto tempo vai ser perdido na passagem do raio X (alguns aeroportos são extremamente rigorosos, fazendo com que você retire sapatos, meias ou até mesmo lhe chamam para um “cantinho” da revista). Minha única dica aqui é a calma. Não adianta estressar e é melhor seguir o que lhe está sendo pedido. Caso você tenha atenção com as dicas de itens proibidos para embarque não há o que dar errado!

No caso dos voos internacionais essa é a hora das comprinhas no freeshop! Fique atento com suas sacolas e procure não comprar mais do que você pode carregar! Afinal de contas você tem uma cota máxima de tranqueiras que podem ser acomodadas no avião. Evite fazer um inimigo que vai passar o voo todo ao seu lado!

Embarcando

Acho que eu nunca vi (NUNCA, NUUUUUNCA) um embarque civilizado. Isso geralmente acontece porque as pessoas ora não respeitam as regras de prioridade de embarque para idosos, crianças e  pessoas com necessidades especiais, ora elas não obedecem a simples ordem de fileiras de embarque. As vezes o negócio desanda ainda no aeroporto, as vezes dentro da aeronave. Mas sempre costuma ser caótico.

Já sabendo disso, assuma o bom humor. Não adianta novamente se estressar e sair xingando comissários e vizinhos de poltrona. Tenha paciência com a senhora de idade, com a criança que não para de andar no corredor, com o senhor avantajado ao seu lado, com a mocinha que carrega 9 malas de mão e não sabe o porquê delas não caberem no bagageiro, com o perdido que não sabe onde é o lugar dele, com o espertalhão que pegou a sua poltrona, com o preguiçoso que não quer dar passagem… enfim, exercite a paciência como nunca, seja gentil, e você será presenteado com… com.. com… o céu no fim da vida! (Espero eu!) Tudo dará certo no final.

Procure sentar na poltrona reservada a você. Algumas mudanças podem sim ser feitas, mas sempre converse com o comissário de bordo antes. Provavelmente ele te ajudará a mudar de posição sem tumultuar, muito, a vida alheia.

Durante o voo

Neste post eu falo um pouco de como viajar de uma maneira mais confortável. As horas dentro de um avião podem ser penosas ou não, vai depender de como você encarar esse tempo ocioso. Mas alguns lembretes nunca são demais:

  • Se você não consegue dormir e levanta bastante durante o voo, procure escolher as poltronas do corredor. O contrário vale pra quem desmaia de sono: a janela é um bom lugar pra você!
  • Se você tem medo ou se sente inseguro dentro de aviões não adianta nada encher a cara! Alias vai ser muito pior! Os efeitos do álcool são potencializado com a altitude. O melhor a fazer é tomar aquele remedinho contra enjoos que dá uma tranquilizada e até um soninho. Se isso não for suficiente, procure conversar com o comissário de bordo disponível, ele poderá te ajudar a encontrar uma forma de relaxar.
  • Cuide para que seus pertences pessoais não atrapalhem a passagem ou mesmo causem desconforto aos outros passageiros.
  • Cuide para que suas crianças não atrapalhem o sono alheio! Hehehe tá bem, eu sei que é complicado viajar com os pequenos tanto tempo confinados no mesmo lugar. Porém procure conversar com o pediatra antes de viajar para saber o que pode ser usado como forma de manter os pimpolhos mais sossegados e menos afetados pela pressão dentro da cabine.

No blog Etiquetagem você encontra mais algumas dicas de bom comportamento a bordo.

Conexões

Fazer conexão, seja dentro do país ou em lugar totalmente estranho, costuma sempre causar um certo stress.  Nessa hora é preciso ficar atento aos monitores para conseguir saber exatamente para onde ir e, principalmente, que horas ir.

Uma dica preciosa é procurar tentar ajustar o tamanho dos tempos de conexão em cada lugar. Por exemplo: se você terá que passar pela imigração na cidade de conexão, nunca compre passagens com o tempo de conexão inferior a 2 horas. Acredite em mim. Passei maus bocados por querer fazer uma conexão rápida de 1h em Toronto indo para Vancouver e quase que não consigo embarcar. Em todo caso é melhor pecar pelo excesso. Leve em conta também as condições climáticas: com neve ou chuva tudo costuma atrasar, inclusive o seu voo que pode não chegar a tempo da conexão.  Quer passear na cidade de conexão? Informe-se primeiro da necessidade de vistos específicos e tenha absoluta certeza que o seu tempo de espera é suficiente (em geral acima de 8h) para sair do aeroporto e se locomover até o  seu ponto de interesse e ainda voltar 2h antes do embarque. Com menos de 8h de intervalo eu nem pensaria em sair do aeroporto! Perder a conexão por atrasos injustificáveis perante a companhia aérea pode acabar custando muito caro.

Mas quer dizer que se você perder a conexão tudo está perdido?! Não, não é bem assim. Logicamente se você foi passear e perdeu a hora de estar no aeroporto aí a sua situação é sim das mais complicadas. Dificilmente você encontrará alguém disposto a resolver o seu problema sem que você desembolse algumas várias notinhas. Caso a sua perda seja justificada pela fila da imigração, pelas condições climáticas ou por atrasos no seu voo de chegada, em geral, a própria companhia aérea se dispõe a te encaixar no próximo voo disponível.  Procure sempre ser gentil e agradecer a atenção pessoal de terra da companhia aérea, isso pode te beneficiar com um tempo menor de espera ou ainda com um lugarzinho especial na próxima conexão. A teoria da educação sempre gera gentileza vale em todos os lugares do mundo. Tá bom, quase todos.

Estamos quase no destino final, certo?! Na próxima coletânea de dicas vamos falar um pouco de como se virar para recuperar suas malas, sair do aeroporto e chegar inteirinho ao seu destino final! Até lá!

Anúncios

29 respostas em “Super dicas para sua viagem – No aeroporto, na conexão e no avião

  1. Olá!
    Tenho uma viagem marcada para Berlim em novembro, partindo de São Paulo e conexão em
    Frankfurt.
    Meu receio é nesta conexão no aeroporto de Frankfurt, pois não falo Inglês nem Alemão.
    Como vou passar pela imigração? Como encontrar o local correto de Check-in? e o Terminal correto? Sei que o aeroporto é gigante, e se eu me perder???
    Por favor me passe algumas dicas, pois estou bastante ansiosa.
    Obrigada
    Simone

  2. Boa Tarde michele td bem?
    Estou indo para a Irlanda, com uma conexão em Frankfurt, o tempo é de 1h 10mim, vc acha que da tempo, estou super preocupada.
    Obrigada

  3. Ola Michele, vou ao Brasil partindo de Roma(Fiumicino)para o aeroporto de Frankfurt.Por mais que a companhia me explique fica a duvida.Pergunto; fazendo o checkin em Roma ainda devo passar pela imigração em Frankfurt?Ou tudo sera feito no aeroporto da Italia?minhas bagagens serão ja despachadas no Fiumicino com destino final Brasil(Rio)?

  4. Oi Michelle vou viajar pela primeira vez para suíça com conexão na França, não sei falar outro idioma e confesso que estou com medo de me atrapalhar, tem pessoas para nos orientar nos aeroportos que falam português?

    • Geralmente na imigração você encontra pessoas capazes de falar português. Mas para orientação geral no aeroporto eu recomendo levar pelo menos um dicionário ou memorizar palavras chaves!

  5. Oi Michelle. Vou para Vancouver em janeiro com minha tia, o trajeto é BH (Azul)-Chicago (United)-Vancouver (air Canadá), com tempo de conexão de 2:40 entre Chicago e Vancouver, mas por serem voos de companhia diferentes estou preocupada com os check in. Eu faço um check in só em Belo Horizonte e despacho as malas para Vancouver e em Chicago tenho apenas que passar pela imigração ou terei de fazer check in e despachar as bagagens em todas as conexões por serem voos de diferentes companhias?

  6. Vou para Londres com conexão em Miami, meu vou chega em Miami as 4:50 da madrugada e o voo para Londres sai as 14:50 será que dá tempo de ir ao shopping delphin ? Quanto tempo tenho que estar de volta para pegar o voo?

    • Maria, isso é muuuuito delicado! Tempo dá… mas imagine que voce vai precisar fazer todo o processo de embarque novamente. Isso, dependendo das condicoes climaticas, das datas e da companhia aerea pode variar MUITO. Então eu ficaria muito esperta porque o shopping deve abrir apenas a partir das 10h, contando que seu voo sai as 14… é, num é tanto tempo assim!

  7. Olá, Michele.. Estou indo para Orlando com conexão em Miami. No entanto, não tenho intenção de esperar meu vôo, pois vai demorar umas 10h. Resolvi ficar em Miami e curtir uns dois dias, e depois seguir de carro até Orlando. Você acha que existe alguma possibilidade de eu ter problemas na volta para o Brasil?

  8. Volto de Miami e terei conexão em Bogotá. Me preocupa porque terei apenas 56min de conexão.
    Qual o risco de perder a conexão? Se eu perder o que acontece com as minhas malas que vieram no voo de Miami?

    • Andrielly,

      Não dá pra generalizar mas a volta você tem um gastador de tempo a menos que é a imigração americana.
      Então em linhas gerais, se não houver atrasos no seu voo de Miami, o tempo é mais que suficiente.

      Caso você perca o vôo a companhia aéria deve te realocar no proximo voo disponivel. E a sua mala, se tuuuuudo der certo, vai estar linda esperando por você no seu destino final.
      Vale sempre a pena confirmar no check in se você precisa retirar as malas em Bogotá.

      Boa viagem!

  9. Boa noite. Li todas as dicas do post e estou também bastante preocupada com a conexão. Meu voo sai de Copenhague as 19h15 e chega 20h45 em Frankfurt… Mas o voo de Frankfurt pro Brasil sai 21h55… Estou apavorada achando que nao vai dar tempo.
    Att.

    • Tati, lembre-se que na volta você não precusa fazer imigração! E provavelmente suas malas vem direto pro Brasil. Dessa forma apesar de apertada a conexão de uma hora é suficiente.

      • Olá! Acabei me desesperando e contatei a empresa aérea para alteração no voo, mas falaram que talvez não seja possível, hahah. Mas você me tranquilizou bastante, obrigada pela atenção. 🙂

      • Tati, a companhia aérea pode inclusive cobrar taxas adicionais por conta da alteração, então fique atenta!
        Caso o seu vôo atrase e por esse motivo você perca a conexão relaxe, eles vão te realocar em outro vôo. Mas se você se atrasar por motivos pessoais, aí a história muda de figura. -.-
        De toda forma, otima viagem! E volta pra contar como foi!
        Beijos

  10. Oi pessoal, boa tarde.
    Sou uma ansiosa viajante de primeira viagem e estou MUITO preocupada com minha conexão. Meu destino final é Chicago, mas tenho que fazer uma conexão em NY e o intervalo entre os vôos é de 1:45. De acordo com tudo o que li, acho que não vai dar tempo! Já baixei o mapa do aeroporto de NY, estou pesquisando várias coisas, mas a fila da imigração está me deixando apavorada!
    Gostaria da opinião especializada de vcs: dará tempo?
    Muito obrigada pessoal!!!
    xoxo
    Ana Carolina

      • Olá, bom dia!
        JFK. Ah, btw, estou adorando seu blog! Já recomendei para meus amigos, o parabéns!!

      • Ana, obrigada pelas recomendações! Tomara que eles também gostem =)

        Sobre a sua conexão… o que eu posso dizer? Vou TORCER muito por você, mas vai ser com emoção essa sua conexão no JFK. O principal motivo é que o JFK é gigantesco e você tem bastante deslocamento pra fazer (então se prepare pra vir de tênis de corrida!). Além disso é um aeroporto que recebe muitos vôos e que precisam passar pela imigração. De toda forma caaaaaaaaaaaaaso não dê tempo a própria companhia aérea vai te acomodar no próximo vôo pra Chicago. E aí vai da paciência de esperar né?

        Em geral eu recomendo um tempo maior de conexão, por mais chato que seja esperar no aeroporto. Principalmente no inverno e principalmente em aeroportos grandes e confusos! Tipo o JFK 😛

        Volte pra contar pra gente se deu tempo e como foi a experiência ta?

  11. Michelle, obrigado,
    Vou em uma segunda feira, 13 de Outubro, chego em Limas as 9 e o voo para Miami sai as 10, devo me preocupar??

  12. ótimo artigo, parabéns, tenho uma dúvida, tenho conexão em Lima de 50 minutos, o tempo é bom? vou ter que correr??
    obrigado.

    • Olá João, para saber se você vai ter problemas por conexão curta você depende essencialmente de alguns fatores: para onde você está viajando, qual o horário, se é feriado ou datas com grande movimento no aeroporto, se o inverno é rigoroso na região que você fará conexão e também da velocidade na liberação das malas (caso você tenha que despachá-las novamente)…

      Por exemplo, no inverno canadense é complicado confiar em escalas tão pequenas! Porém em Dubai, 50min é muito mais que suficiente pra todo o processo!!!

      • Michele, obrigado.
        Estarei voando em 13 de Outubro, pela Avianca com destino a Miami EUA. chegando em Lima as 9 e saindo as 10 a.m.
        att.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s