Solicitando o visto americano

O sonho do visto americano está cada vez mais próximo de se realizar. Eu disse próximo e não fácil! O processo para conseguir o visto ainda é trabalhoso, burocrático, caro e cansativo. Mas ainda sim, possível.  Quando você está em meio ao processo, não importa se nas etapas inciais ou já lá dentro do consulado várias vezes passa pela cabeça em deixar isso pra lá, em não enfrentar os gastos de energia e de dinheiro que pleitear o visto americano nos obrigam a ter. Tenha fé. Não é tão difícil e vale a pena (principalmente quando você estiver lá aproveitando bem a viagem!!!).

1o passo:

Para iniciar o processo para o pedido do visto, primeiramente, será preciso pagar a taxa de R$38,00 para que seja possível o agendamento da sua entrevista. Esse valor pode ser pago através de cartão de crédito, débito em conta ou ainda através de boleto bancário emitido no próprio site. Antes de pagar tenha certeza de ter cadastrado corretamente os seus dados no site http://www.visto-eua.com.br/agendamento-web/index.jsp?locale=pt_BR e ter escolhido corretamente a forma de pagamento.

Depois de pago e compensado o valor do agendamento você estará habilitado a escolher um dos postos do consulado americano no Brasil (São Paulo, Brasília, Recife ou Rio de Janeiro –  e em breve também em Belo Horizonte e Porto Alegre) e em seguida agendar o horário/dia de comparecer com toda a documentação em mãos.

Eu particularmente tive muita sorte e consegui agendar para apenas 7 dias depois.  Apesar da página avisar a média do tempo de espera é possível encontrar algumas datas vagas mais próximas do que a média. Tenha em mente que se for necessário cancelar e remarcar a data da entrevista, uma nova taxa de agendamento deve ser paga! ($$$$)

Não se esqueça de imprimir a página de confirmação do agendamento e levar ela com você no dia da entrevista.

2o passo:

Agendamento feito e agora é hora de começar a preencher o infindável formulário DS-160 na página https://ceac.state.gov/genniv/. Eu recomendo que ele seja preenchido com certa antecedência da entrevista (no máximo 72h antes), para que tudo possa ser feito tranquilamente. Tenha já separado os seus documentos, todos eles! Carteira de trabalho, passaporte, certidão de casamento e também um curriculum em inglês (ou pelo menos o descritivo das suas funções). Ah, prepare-se também pois o formulário deve ser preenchido totalmente em inglês (caaaalma, respira! Existem pontos de ajudas que, quando sobrepostos com o mouse, mostram um texto explicativo em português).  DICA: Já providencie uma foto 5×5 ou 5×7 e escaneei esta foto com certa qualidade (ou solicite o arquivo fonte na loja onde você for fotografado). O site solicita que ao final do preenchimento seja feito o upload de uma foto obedecendo a algumas várias regrinhas (http://travel.state.gov/visa/visaphotoreq/visaphotoreq_5334.html). Além disso, no dia da entrevista, será realmente necessário levar uma foto deste tamanho e facilita bem se as duas forem iguais.

Logo no início do preenchimento será gerado um ID. Lembre-se de salvar, anotar, memorizar (!!!) esse número juntamente com a sua resposta secreta.  Apenas dessa forma você conseguirá retomar o preenchimento do seu formulário caso necessário.  Aconselho que você tenha o costume de a cada página preenchida salvar a aplicação (no rodapé do site existe um botão para isso!).  Diversão Preenchimento iniciado você deverá prestar bastante atenção a tudo que for preenchido. Fique tranquilo que caso você perceba alguma coisa errada antes de enviar o formulário, ainda sim será possível alterar.  E mesmo que você tenha um inglês fluente e invejável, fique atento às dicas escritas em português! Muitos itens podem não ser familiares e precisarem de uma ajudinha extra!

Os campos que vão ser pedidos a você dependem totalmente das suas repostas e escolhas. Para estados civis diferentes, perguntas diferentes (e se preparem para a indiscrição das perguntas!). Dica essencial aqui: NUNCA MINTA! Digite tudo exatamente como é.

Dicas de preenchimento:

  • O National Identification Number solicitado no formulário é o nosso bom e velho CPF.
  • Caso você tenha parentes vivendo legalmente nos EUA não há nenhum problema em colocá-los. Principalmente se sua ideia é ficar hospedado com eles, não minta. Peça apenas que eles enviem por correio uma carta convite para você, explicando toda a situação.
  • Caso você não conheça ninguém nos EUA, também não há problema. Você pode indicar o hotel(ou um dos hotéis, caso haja vários) em que pretende se hospedar.
  • Não compre passagens ou reserve hotéis antes de ter o visto em mãos. Além do prejuízo financeiro você pode acabar criando um incômodo durante a entrevista (já que eles ainda não te autorizaram a entrar no país). Para provar que você vai ficar em determinado hotel basta imprimir uma cotação on-line ou algo que sinalize onde ele fica e que ele realmente é um hotel.
  • Faz parte do formulário ter que responder a perguntas como: se está envolvido com ações terroristas, tortura, exércitos infantis, tráfico de menores, prostituição, problemas políticos mundiais e por aí vai. Sim, é revoltante. Sim, eles pensam que você pode explodir o país deles. Ops, isso já foi feito por alguém. Então… dê um desconto a eles e responda com paciência e serenidade todas as perguntas. Não minta, mas saiba que um sim em uma dessas perguntas podem te exigir uma boa explicação.

Ao final de todo o processo, além do cansaço, você terá a página de conclusão (que precisa ser também impressa e levada no dia da entrevista).

Não é necessário imprimir todas as páginas de confirmação de preenchimento do formulário, apenas a última (como na figura acima), porém guarde-as com você para qualquer eventualidade. É uma forma também de verificar se está tudo corretamente preenchido.

3o passo:

Os seus gastos ainda não chegaram ao fim 😦 Para o visto de turista, B2, é necessário pagar em uma agência do Citibank a taxa de $140. No site do consulado é possível conferir a cotação a ser utilizada, porém o próprio caixa do Citibank tem a taxa certinha do dólar e vai cuidar de validar certinho o recibo para o visto. Guarde o comprovante com muito carinho e verifique se o seu nome está corretamente gravado nele!

Pronto! Agora é só aguardar o dia do agendamento e… e conferir as dicas do próximo post!

Anúncios

4 respostas em “Solicitando o visto americano

  1. Visto para os “Isteitis” é quase que uma ofensa (pronto falei!!!)
    Mas ler um post da Michelle nao tem Brahma, nem Obama que supere!!!
    Mil vivas para voce Michelle. Bom, muito bom.
    Certa vez quando fui para New York (leia-se Neviorqui!!) no aeroporto o oficial de imigracao me perguntou: “Qual o motivo da sua viagem?” (num tom bemduro e seco… O que nao é usual porque os americanos sao SIM bastante educados!!!) Eu disse: “Falta de motivos…” ele nem ousou a me olhar nos olhos novamente. Ah, com um passaporte europeu a gente “pode tudo!”, né???

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s