I S2 NY – E quem não ama?

Estátua da Liberdade

Estátua da Liberdade

E que atire a primeira pedra quem não ama!! NYC é a queridinha entre os destinos mundiais (em especial dos brasileiros)!  Natureza, arte, compras, diversão, restaurantes, hotéis, glamour… cada tipo de turista tem certamente um pedacinho da ilha de Manhattan que foi especialmente desenhado pra ele! Tudo em NYC acontece agora, nesse instante já! Nada pode ser deixado pra depois!

E nessa onda frenética fica até difícil de montar um roteiro dentro de viagem. Como conseguir colocar um pouquinho de tudo e não ficar com a sensação de ter esquecido alguma coisa?Existem algumas regras de ouro pra se montar um roteiro bem sucedido em NYC. As atrações em si vão depender do gosto do freguês e da época do ano: mais  vida noturna, mais passeios ao ar livre ou de repente um surto frenético de compras sem fim!

Antes de chegar em NYC

Época do ano

NYC tem, em geral, as estações do ano muito bem divididas. O verão costuma ser bem quente mesmo, assim como no inverno o frio é de bater os queixos. Todas as épocas do ano tem suas peculiaridades e saber de cada uma delas ajuda a formar um roteiro
diferente driblando as dificuldades de percurso.

VERÃO: Ar condicionado passa a ser um item obrigatório na acomodação! O calor em NYC costuma superar as expectativas e exigir que o turista fique de olho na hidratação e nos cuidados típicos que a gente já tem que ter aqui no Brasil. O ponto positivo é que a cidade se enche de animação e vários festivais acontecem nessa época do ano. O Central Park fica repleto de moradores e aquela felicidade exala pela cidade. É também considerada a alta temporada.

INVERNO: No final de dezembro já começam os primeiros sinais de neve. A cidade toda enfeitada pro Natal, o clima natalino presente nas ruas e a neve caindo… cena de filme né? Mas lembre-se que os passeio de NYC envolvem muita caminhada ao ar livre. E andar sob uma temperatura negativa pode não ser das coisas mais agradáveis. Lembre-se também que as roupas que usamos no inverno brasileiro não são adequadas ao frio novaiorquino. Isso vai exigir uma olhada no guarda roupa e em compras extras de casaco que podem depois acabar pesando na mala e no orçamento. É a baixa temporada e em geral é a época do ano em que se tem as melhores tarifas hoteleiras do ano.

OUTONO: O outono tem duas fases bem desenhadas: uma com a copa das árvores formando um lindo degradê de vermelho a amarelo, passando pelos tons terrosos e outra fase em que as folhas já caíram e os troncos estão prontos pra enfrentar o inverno. Em geral até o meio de novembro ainda é possível ver a festa das cores no Central Park. Nessa época as temperaturas não estão negativas mas não costumam passar dos 15C. Não é preciso carregar um casaco pesado mas é bom ficar atento com gorros e cachecóis. O vento pode piorar muito a sensação térmica. Nesse caso o ideal é pensar em um casaco corta vento. Chuvas esporádicas também são possíveis. A minha visita aconteceu uma semana depois da passagem do furacão Sandy (nov/12), mas não há exatamente uma regra para determinar quando isso pode acontecer (na verdade acredito que foi um fenômeno bem raro pra essa região dos EUA).

PRIMAVERA: Temperatura agradável e também com muitos festivais e acontecimentos pela cidade. O calor não é tão grande como no verão e por isso a cidade fica absolutamente LOTADA nessa época. Os passeios ao ar livre são brindados com um agradável dia e o Central Park fica um esplendor!

Quantidade de dias

Muitas vezes a quantidade de dias em NYC vai ser limitada ao seu budget!

20121115_191430FATO: hospedagem em NYC é uma das mais caras do mundo inteiro. O pior é saber que o custo benefício costuma ser bem baixo: altos valores pra quartos minúsculos.  Mas sobre isso eu vou falar em outro post, ok? (inclusive da piadinha com o hotel Pennsylvania)

Mas se orçamento não for o seu problema eu também tenho uma triste notícia pra te dar: é praticamente impossível conhecer tudo que a cidade oferece. Acho que nem se tivesse 365 dias (ai que sonho!!!) ainda faltariam dias para usufruir de tudo que essa cidade oferece.

Mas pensando em um roteiro mínimo pense em pelo menos uma semana. Menos que isso vai ser uma correria danada com pouco tempo para curtir os passeios considerados obrigatórios na cidade.

Localização na ilha

Por último mas não menos importante: pense na sua localização dentro da ilha para traçar o roteiro mais eficiente. É praticamente impossível se deslocar de carro dentro de Manhattan. O ideal mesmo é usar e abusar do eficiente sistema de metrô, dos pezinhos lindos que você tem e, em último caso, pegar uma corridinha de táxi (os clássicos carros amarelos!).  Procure por lugares com boa cobertura do sistema público de transporte e isso lhe dará uma infinidade de roteiros possíveis!

Nos próximos posts vou falar de acomodação, sistema de transporte, chegada no aeroporto, dicas de compras, passeios, … e muito mais sobre Nova York!

Anúncios

Uma resposta em “I S2 NY – E quem não ama?

  1. Quando eu tiver minha propria revista de Viagens, Bagagens & Mensagens, voce será minha jornalista assidua!! Amo como voce escreve (aquele toque de humor entre a carne e a unha é ótimo!)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s